sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Sorrisos de Outono

Há dias de Outono perfeitos,
Em que o Sol se põe feliz
Porque respondeu sim à chamada

Há dias de Outono mesmo perfeitos,
Quando baila entre as pessoas
Um cheirininho estaladiço a castanha assada.

Há dias de Outono tão perfeitos,
Que se perde no ar uma leve brisa,
Com sabor a Primavera perfumada

Também há dias de Outono imperfeitos.
Se o teu sorriso não chega...
Para alegrar minha alma amargurada.

Sem comentários: