terça-feira, 23 de outubro de 2007

Estados de espírito...


Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua
Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.

Porto, 6 de Novembro de 1919
Lisboa, 2 de Julho de 2004

1 comentário:

Tila disse...

Isso traduz exactamente o meu estado d espiríto neste momento... :(