quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

A hora da noite. A tua hora.

Anseio pela hora da noite.
Quando me apago para o mundo,
e acordo, uma vez mais, para ti.
Visito-te em sonhos.
Escritos com as tuas promessas de amor.
Palavras que agora me doem.
Quando desperto, e não estás.
Desespero pela hora da lua.
Que ainda quero fazer tua.
E te traz até mim. Sempre.
No resto do tempo, vivo. Deserto de ti.
Do teu corpo. Do teu cheiro. De nós.
A sonhar. Vejo-te em todos os rostos.
E em todos os lugares.
O teu sorriso habita-me. E faz-me viver.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Para ti

Que esfriem de vez as minhas mãos
Se deixarem de dar calor para aquecer as tuas
Que murchem para sempre os meus lábios
Se não puderem mais provar os teus
Que a noite escura se abata sobre os meus olhos
Se não mais puderem namorar o teu olhar
Que se calem de vez todas as minhas palavras
Se um dia não mais te puder escrever
Que me morra para sempre o amor
Se um dia deixares de me amar
Que se perca o meu pensamento
Se um dia dele quiseres sair
Que os jardins percam todas as cores
Se um dia deixares de ser a minha flor
Que a vida fuja de mim para sempre
Porque sem ti não tem sabor

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Viagens



Quero viajar contigo.
até ao fim da rua ou do mundo.
quero dar-te a mão. sentir-te comigo.
Não importa o destino.
Quero um sorriso só nosso.
uma palavra dita a meias. um olhar.
quero amor. quero amar.
Ser amado por ti.
que à noite és toda a luz do meu luar.
Só por Ti. que acendes a luz do meu olhar.